Dieta Cetogenica

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Emagreça com a Dieta Cetogenica.

dieta-cetogenica-alimentos

Emagrecer é algo que está na lista de prioridades de milhares de brasileiros. E nos dias de hoje, para quem sonha em ter um corpo de capa de revista e fazer as pazes com a balança, encontra diversos tipos de dietas. Entre elas, uma dieta que vem fazendo muito sucesso é a Cetogenica.

O nome ainda pouco conhecido, já está fazendo parte da rotina alimentar de muitas pessoas e a partir de hoje pode também fazer parte da sua. Por isso, se você quer emagrecer de uma maneira rápida e saudável, confira agora neste artigo tudo sobre a Dieta Cetogenica. Veja:

O que é a dieta cetogenica?

A dieta cetogenica consiste em uma alimentação que retira totalmente os carboidratos, ou seja, pães, massas e entre outros. Contudo, a alimentação é feita a base de alimentos como, saladas, frutas, legumes, verduras e carnes em geral.

Como funciona a dieta?

Ao excluir 100% o carboidrato do cardápio, o corpo passa a realizar um processo chamado de “Cetose”, por isso, o nome da dieta. Sendo assim, o organismo sofre por um processo de queima de gordura dos demais alimentos consumidos, utilizando também como uma fonte de energia.

O organismo passa então a utilizar gordura do próprio corpo como a fonte principal de energia e começa a perder peso de maneira cada vez mais rápida. Para fazer a dieta Cetogenica, apenas é necessário eliminar do cardápio diário os alimentos ricos em carboidratos. Os mais comuns são  massas, arroz, batata, frutas, ervilhas, feijão, leite, iogurte, pão, bolachas, biscoitos, sorvete, açúcar, refrigerantes, bolo, chocolate ou outros doces.

Quais são os alimentos permitidos na dieta Cetogenica?

Já que será excluído da alimentação todo alimento que contenha carboidrato, o corpo precisa de outros alimentos ricos em vários nutrientes e tipos de substâncias benéficas para o organismo. Afinal de contas, é fundamental lembrar que o carboidrato é uma fonte de energia, e, portanto, é importante manter o ritmo, porém, de uma outra maneira.

  • Carnes de vaca, porco, frango, peru ou outras;
  • Peixes;
  • Embutidos como presunto, linguiça, mortadela ou salsicha;
  • Ovo;
  • Azeite, óleo, manteiga, margarina, maionese;
  • Gelatina sem açúcar;
  • Chás sem açúcar.

Curiosidades da dieta

Pela retirada do carboidrato, que contém açúcar e acelera o processo de energia no corpo, este tipo de dieta também ajuda a diminuir as convulsões e por isso pode ser utilizada em pacientes com epilepsia. Mas, é preciso ficar atento, pois  a dieta Cetogenica não é indicada para todas as pessoas.

Ela é contraindicada para pessoas com mais de 65 anos, com insuficiência hepática ou renal, com doenças cardiovasculares ou cerebrovasculares e também para pacientes que estão em tratamento com cortisona, só deve ser seguida com acompanhamento médico ou de um nutricionista.

Independentemente da  faixa etária, é fundamental sempre consultar um médico antes de dar inicio a mudança no cardápio de acordo com o estilo de alimentação. Isso porque, a dieta requer uma mudança brusca na maneira de se alimentar, o que pode trazer problemas sérios de saúde, caso não seja orientada por um profissional adequado.

O objetivo principal da Dieta Cetogenica é diminuir o carboidrato da alimentação, afim de que o organizmo  alcance um estado metabólico chamado cetose.

A cetose é um processo metabólico normal em que as células do nosso corpo, substitui a queima de glicose, que é o nosso combustível natural, pela gordura armazenada em nosso corpo.

Esse processo chamado Cetose ajuda o corpo a sobreviver durante períodos em que não há comida disponíveis.

Dessa forma o organizmo passa a queimar as gorduras armazenadas no corpo, consequentemente ajuda a emagrecer.

Além disso ao longo do tempo cientistas e estudiosos tem percebido resultados satisfatórios contra doenças como epilepsia, autismo, doença de Alzheimer, cancro dentre outras.

Então, vamos começar a Dieta Cetogenica?
Deixe abaixo o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *